image

Comparou-se a outros barbudos notórios: “Jesus também tinha barba comprida

Lula já não distingue eventos oficiais e atos de campanha. Em ambos, só fala de eleição. Tome-se o exemplo da quinta feira (14). Lula abriu o dia no Piauí, disfarçado de presidente. Fechou-o no Pará, vestido de cabo eleitoral. Em Teresina, capital piauiense, discursou num evento oficial, no Instituto Federal Tecnológico do Estado. Recordou as eleições presidenciais que perdeu. Disse que o sentimento de derrota rendeu-lhe “ensinamento” e “frustração”. Afirmou que seus adversários “tinham medo e por isso contavam muita mentira a seu respeito. Diziam que era comunista, porque tinha a barba comprida…” Comparou-se a outros barbudos notórios: “Jesus também tinha barba comprida. Tiradentes também tinha”. Prosseguiu: “Quantas vezes tive que responder e pagar o preço, porque a bandeira do meu partido é vermelha, porque tem uma estrela na bandeira…” Quantas vezes “…tive de responder sobre aborto. Quem é contra fica jogando casca de banana para ver se a gente pisa e cai”. Em tom de despedida, disse que valeu a pena. Julga ter demonstrado que “a arte de governar não se aprende em universidade.
Politica Livre