da Agência Brasil

Rio de Janeiro – A safra nacional de grãos deve atingir 148,9 milhões de toneladas em 2010, o que representa um aumento de 11,1% em relação à do ano passado, de acordo com os números de setembro do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A previsão, que faz da safra deste ano de cereais, leguminosas e oleaginosas a maior da história do país, representa um acréscimo de 0,6% sobre a estimativa de agosto, que foi de 148 milhões de toneladas.

De acordo com o levantamento do IBGE, a Região Sul, com 63,6 milhões de toneladas, é responsável pelo maior volume da safra esperada para 2010, seguida da Região Centro-Oeste, com 52,2 milhões. O Sudeste deverá registrar uma produção de 17,3 milhões de toneladas, o Nordeste, 11,8 milhões e a Região Norte, 4 milhões de toneladas. O Sul também é a região que registra maior crescimento em relação à safra de 2009: 21,3%.

Com relação às principais culturas, a soja terá em 2010 uma produção de 68,7 milhões de toneladas, um crescimento de 20,6%, comparado à do ano passado, e de 16% sobre a safra de 2008, considerada recorde, com 59,2 milhões de toneladas. Para o milho, a previsão é de um aumento de 8,5% e para o arroz, uma queda de 10,5% na safra deste ano, comparada à de 2009.

O levantamento do IBGE aponta ainda um pequeno decréscimo na área a ser colhida em 2010, que é de 46,7 milhões de hectares, 1,1% menor que a do ano passado.