Agência Brasil

 Após denúncias de transporte ilegal de eleitores, a Polícia Federal (PF) apreendeu quatro ônibus que estavam seguindo para o município de Macajuba, no interior da Bahia. Segundo o delegado responsável pela operação, Wal Goulart, cerca de 50 pessoas foram detidas e estão sendo encaminhadas à sede da PF no estado.

“Nós vamos investigar se houve de fato transporte ilegal de eleitores. As pessoas detidas estão sendo levadas para a superintendência da Polícia Federal. Se for confirmado, será caracterizado crime e elas serão presas em flagrante.”

Segundo ele, equipes da PF estão trabalhando na Operação Eleições 2010 desde o dia 28 de setembro. “Agentes federais estão trabalhando de forma ostensiva para coibir possíveis crimes. Temos também agentes infiltrados. Equipes volantes com 50 policiais estão se deslocando pela região metropolitana, fazendo essa diligência para coibir a boca de urna e a compra de votos.”

Amanhã (3), seis viaturas da PF farão rondas pelos bairros mais populosos de Salvador. “A ideia é orientar as pessoas. Se tiver aglomeração, vamos dispersar, e se as pessoas reincidirem, vamos levar para a sede da Polícia Federal.”

De acordo com o delegado, as ações policiais durante as eleições deste ano serão integradas. Segundo a Polícia Militar da Bahia, 24 mil policiais e bombeiros militares vão reforçar o policiamento no estado durante o pleito.

As ações da Polícia Militar tiveram início em junho, com o policiamento dos comícios, das carreatas e visitas a comunidades. A PM também fará a escolta das 30.162 urnas, o acompanhamento dos polos de informática, o reforço da segurança nos locais de apuração de votos e nas comemorações pelo resultado das apurações.