Neste domingo (3) a população de pelo menos 10 estados poderá saber no primeiro turno o nome do governador que vai dirigir a administração local a partir do ano que vem. É o que revela consulta do Congresso em Foco aos resultados das 30 pesquisas do Ibope e Datafolha divulgadas na noite de sábado e dos quatro estudos publicados por eles em setembro. Veja os números

Há três estados em que os institutos divergem se haverá ou não segundo turno. Em sete estados, Ibope e Datafolha apontam cenários indefinidos. Ou seja, é possível que até 20 governadores sejam eleitos já neste domingo, segundo a intenção de votos registrada até ontem.

E em outros sete estados, a tendência é o segundo turno. Nestes locais, só foram feitas pesquisas pelo Ibope.

As vitórias mais fáceis parecem ser de três candidatos à releeição. Em Pernambuco, o governador Eduardo Campos (PSB) tem 80% dos votos válidos, segundo o Ibope. O Datafolha registra 79%. No Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB) tem 68% ou 67%, segundo os institutos, respectivamente. Na Bahia, Jaques Wagner (PT) tem 61% ou 58%.

TENDÊNCIA DE RESULTADOS

Estado Tendência Candidato Partido % Instituto
Pernambuco 1º turno* Eduardo Campos PSB 80 Ibope
Rio de Janeiro 1º turno* Sérgio Cabral PMDB 68 Ibope
Bahia 1º turno* Jaques Wagner PT 61 Ibope
Minas Gerais 1º turno* Antônio Anastasia PSDB 58 Ibope
Espírito Santo 1º turno Renato Casagrande PSB 78 Ibope
Ceará 1º turno Cid Gomes PSB 63 Ibope
Amazonas 1º turno Omar Aziz PMN 60 Ibope
Acre 1º turno Tião Viana PT 56 Ibope
Rio Grande do Norte 1º turno Rosalba Ciarlini DEM 54 Ibope
Sergipe 1º turno Marcelo Déda PT 54 Ibope
Distrito Federal 1º turno** Agnelo Queiroz PT 55 Datafolha
Rio Grande do Sul 1º turno** Tarso Genro PT 55 Datafolha
São Paulo 1º turno** Geraldo Alckimin PSDB 55 Datafolha
Maranhão Indefinido Roseana Sarney PMDB 53 Ibope
Pará Indefinido Simão Jatene PSDB 53 Ibope
Mato Grosso do Sul Indefinido André Puccinelli PMDB 52 Ibope
Paraíba Indefinido Zé Maranhão PMDB 52 Ibope
Tocantins Indefinido Siqueira Campos PSDB 52 Ibope
Santa Catarina Indefinido Raimundo Colombo DEM 49 Ibope
Roraima Indefinido Anchieta Júnior PSDB 47 Ibope
Paraná 2º turno Beto Richa e Osmar Dias PSDB e PDT 49 Ibope
Mato Grosso 2º turno Sinval Barbosa PMDB 46 Ibope
Goiás 2º turno Marconi Perillo PSDB 45 Ibope
Piauí 2º turno Wilson Martins PSB 39 Ibope
Alagoas 2º turno Teotônio Vilela PSDB 37 Ibope
Amapá 2º turno Lucas PTB 32 Ibope
Rondônia 2º turno João Cahulla PPS 24 Ibope

*Convergência entre Ibope e Datafolha. **Divergência entre os institutos

Veja aqui os detalhes

Na ponta da tabela, aparecem eleições complicadas, como a do Paraná. Lá, a Justiça Eleitoral proibiu os institutos de pesquisa de mostrarem a disputa entre Beto Richa, do PSDB, e Osmar Dias, do PDT. Ontem, a Justiça liberou a pesquisa Datafolha, que mostrou os dois concorrentes empatados com 49%.

Mudança de lado

Os levantamentos mostram que, se forem confirmadas as eleições de quem está à frente nas pesquisas, o governo Lula e um eventual governo de Dilma Roussef perderão aliados nos estados. Dos atuais 22 governadores alinhados ao Palácio do Planalto petista, haverá apenas 16. De outra parte, governos estaduais de oposição subirão de 5 para 11.

Os Executivos estaduais trocarão de partido em 14 locais. E em 13 estados, o mesmo partido deve continuar no poder, considerando-se a hipótese de o primeiro colocado nos levantamentos realmente vencer as eleições.

Congresso em Foco