Da Agência Brasil

Brasília – Os 67 aeroportos de todo o país adotam, a partir de hoje (30), um plano especial para atender os eleitores que precisarão se deslocar para votar no domingo (3). As medidas incluem a suspensão da escala de folga dos funcionários e o reforço nas equipes de manutenção e terminais.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o plano de contingenciamento, que se estende até a próxima terça-feira (5), visa a intensificar o monitoramento nos aeroportos e evitar possíveis transtornos durante as viagens. A Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), que vai atuar em parceria com a Infraero, afirmou que estará alerta, mas que não espera aumento da demanda nos aeroportos.

A Infraero também informou que em 16 aeroportos haverá postos de justificativa eleitoral. Assim, que for viajar no dia das eleições poderá justificar a ausência na votação no próprio aeroporto.

Confira a lista de aeroportos com postos de justificação:

Aeroporto Internacional de Brasília – Juscelino Kubitschek

Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre

Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas

Aeroporto Internacional de Confins (BH) – Tancredo Neves

Aeroporto Internacional de Belém – Val de Cans

Aeroporto Internacional de Salvador – Deputado Luís Eduardo Magalhães

Aeroporto de Goiânia – Santa Genoveva

Aeroporto de Vitória – Eurico de Aguiar Salles

Aeroporto Internacional de Florianópolis – Hercílio Luz

Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins

Aeroporto Internacional de Natal – Augusto Severo

Aeroporto Internacional de São Luís (MA) – Marechal Cunha Machado

Aeroporto Internacional de Porto Alegre – Salgado Filho

Aeroporto Internacional de S. José dos Pinhais/Curitiba – Afonso Pena

Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas

Aeroporto Internacional de Várzea Grande/Cuiabá – Marechal Rondon