do R7

A polícia da Inglaterra desarticulou uma quadrilha que agia em Londres, capital do Reino Unido, vendendo a virgindade de garotas menores de idade.

O bando era formado por três mulheres e um homem, denunciados por funcionários de um hotel de luxo, onde eram marcados encontros das meninas com empresários. Todos os presos confessaram o crime.

As seis meninas, que têm entre 14 e 20 anos, saíram do norte da Inglaterra enganadas pela quadrilha, que teria oferecido às vítimas empregos de dançarinas em clubes da capital.

Só depois as garotas descobriram que teriam que se prostituir, em programas que custavam de R$ 130 mil a R$ 400 mil por encontro.