do Correio*

A quadrilha foi surpreendida na BR 324 por policiais federais e do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil.

SSP-BA apresenta o farto armamento apreendido após o confronto com bandidos em Simões Filho (Foto: A Tarde) A quadrilha que foi surpreendida na madrugada desta quinta-feira (02) por agentes do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil iria realizar um assalto nesta sexta-feira (03) em um banco da cidade de Itacaré, no sul do estado, segundo informações da polícia.

 A quadrilha vinha sendo investigada há três meses pelos policiais e, nesta madrugada, o grupo foi seguido quando saía do Bairro da Paz com destino à cidade de Itacaré. Eles estavam distribuídos em dois carros e equipados com muitas armas, como metralhadoras, fuzis e pistolas, além de muita munição, coletes à prova de balas, celulares e máscaras do tipo “brucutu”.

 

A operação teve participação de agentes da Polícia Federal e o grupo já vinha sendo investigado há três meses, pois já havia realizado assaltos a outros bancos no estado. Os policiais informaram que escolheram a BR 324 para fazer a abordagem pois seria o local com menos movimento de pessoas, consequentemente com menor risco de que inocentes fossem feridos.

A quadrilha foi surpreendida no início da madrugada na altura do município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. Segundo a polícia, houve resistência e, durante uma troca de tiros, cinco homens morreram. Um sexto acusado foi baleado e socorrido ao Hospital Geral do Estado. Uma policial também foi baleada, mas sem gravidade.