Bahia Notícias

Uma denúncia veiculada pelo PMDB mostra que o Governo do Estado, na edição do Diário Oficial do último dia 2 de julho, cancelou convênio do programa Todos Pela Alfabetização (Topa) com 79 municípios do interior da Bahia, entre eles Feira de Santana e Vitória da Conquista. Segundo ofício do secretário de Educação, Osvaldo Barreto, o cancelamento ocorre porque não houve como pagar a continuidade do investimento nos locais em tempo hábil.

A denúncia diz ainda que diversos prefeitos da cidade têm procurado a secretaria para esclarecer os motivos do fim do convênio mas são recebidos com a notícia de que, na verdade, a culpa para este fato é dos Municípios, que não apresentam documentação adequada para a manutenção da parceria com o governo. Entretanto, afirma o PMDB, o Estado deveria repassar a 3ª parcela de pagamento do Topa em 1º de julho, mas se atrasou e, por isso, puniu as cidades que, desde 16 de junho se organizaram para apresentar os papéis de cadastro.