do Blog da Resenha Geral

Por volta das 14h50 desta quarta-feira (25) os passageiros do vôo da Passaredo São Paulo-Vitória da Conquista passaram por um grande susto. O comandante não conseguiu acionar o trem de pouso e a aeronave teve que fazer pouso forçado no aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, mais precisamente na gramado do local, sem utilizar a pista.  Foto: Redação / A TARDE

 

As turbinas pegaram fogo e o corpo de bombeiros, rapidamente, chegou ao local para realizar as devidas providências. Dos cerca de 35 passageiros, dois tiveram que ser encaminhados através do Samu 192 com problemas de coluna. Os outros nada sofreram, apesar do susto.

O representante de uma grande marca mundial, Rodrigo Garrote, estava na aeronave e relatou o grande susto em entrevista a equipe da Resenha Geral. “Ficamos com muito medo. Cada um tentou se salvar do jeito que pôde. Foi uma experiência que vai ficar na memória de todos que estavam dentro do avião. É uma vergonha uma cidade como Vitória da Conquista possuir um aeroporto como esse. As autoridades precisam se mobilizar para que alguma providência seja tomada”, desabafou.