do A Tarde

Marcus Roberto dos Santos e José Geraldo Filho são acusados de aplicar golpe na Fiat

Foram detidos na madrugada desta sexta-feira, 13, no Complexo Policial Investigador Bandeira, em Feira de Santana, 107 Km de Salvador, dois homens acusados de aplicar golpes contra a Fiat. De acordo com o delegado Fábio Lordelo, Marcus Roberto dos Santos, 35, utilizou identidade falsa para constituir aempresa Juma Material de Construção Ltda. e, com a ajuda de José Geraldo Filho, 46, apontado como seu braço direito, apresentou documentos adulterados para comprar seis carros na montadora.

 

Declaração de imposto de renda, extratos bancários e movimentação financeira do empreendimento comercial foram algumas das documentações apresentadas por Marcus para efetuar a compra. No sábado, 7, ele retirou os veículos na Concessionária Jacuípe, situada na Av. Presidente Dultra. 

Segundo a polícia, o acusado teria adulterado o boleto emitido pela Fiat, mudando o valor de R$ 45 mil, para R$ 145 mil, e modificado a forma de pagamento, que deveria ser em espécie, efetuando-o com cheques roubados, em nome de Otávio Leite Rocha. 

O banco recebeu os cheques e verificou a compra junto à montadora, que desconfiou do golpe por conta das modificações no boleto.