O meia-atacante Kaká, do Real Madrid, deixou a concentração da pré-temporada do clube espanhol, em Los Angeles, nos Estados Unidos, rumo à Bélgica, onde passará por exames depois de ter sentido dores no joelho esquerdo.

Segundo o site do Real Madrid, Kaká pode ter sofrido uma lesão no menisco, na região do joelho, que talvez exija uma artroscopia. O clube aponta, por outro lado, que os exames feitos em Los Angeles mostraram uma “clara melhora” da pubalgia do jogador devido aos trabalhos feitos durante suas férias após a Copa do Mundo.

Kaká viajou acompanhado do médico Carlos Díez. Na Bélgica, o meia-atacante será examinado pelo médico Marc Martens. Nesta noite de quarta-feira, o time espanhol estreia o técnico José Mourinho em amistoso contra o América, do México, em San Francisco.

A notícia repercutiu na imprensa espanhola, que já cogita uma pausa de, pelo menos, dois meses caso Kaká – assolado por inúmeros problemas musculares na temporada passada -, tenha que ser operado.

A contusão chega em má hora na carreira do terceiro jogador mais caro da história do Real (atrás de Cristiano Ronaldo e Zidane). Após o fracasso na Copa do Mundo da África do Sul, onde foi alvo de críticas por ter sido escalado sem as melhores condições físicas, o eleito melhor do mundo em 2007 ainda tem o objetivo de fazer jus aos investimentos do clube de Madri por ele.

*Com agências/IG