Em entrevista ao *Correio o prefeito de Salvador, João Henrique, disse que uma das medidas do choque de ordem, que vêm instalando na cidade, é prender também aqueles que usarem a rua como banheiro. O prefeito diz se inspirar no que já acontece na cidade do Rio de Janeiro, onde mais de 400 pessoas já foram presas pela má ação.

Apesar de pretender instalar a ordem, João Henrique declarou que vai precisar de ajuda do estado e da União para que a medida seja efetivada. ‘Aqui só se respeita quem tem arma na cintura’, disse ao se referir à dificuldade de que a guarda municipal imponha a disciplina aos mal habituados. Do Ibahia