Solange Spigliatti, do estadão.com.br

SÃO PAULO – O corpo carbonizado encontrado no dia 26 de junho, em Cachoeira Paulista, no interior de São Paulo, não é de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O laudo foi enviado para a polícia na noite desta quarta-feira, 28, pelo Instituto de Criminalística. De acordo com a delegada seccional de Guaratinguetá, Sandra Vergal, foi confirmado que o corpo é de um homem.

Os exames foram feitos baseados em partes do corpo enviadas para o Instituto Médico legal (IML) de Guaratinguetá. Foram enviados para análise o fêmur e um dente do corpo.