WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


julho 2010
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Caso Eliza Samudio: outra amante do goleiro Bruno desaparece


CORREIO, com agências

Procura-se uma mulher loira, que atende pelo nome de Fernanda Sales e é, também, ex-amante do goleiro Bruno, preso em Belo Horizonte. Fernanda, que teria sido vista várias vezes com o atleta, tem seu paradeiro desconhecido há pelo menos uma semana, de acordo com o jornal carioca O Dia.

Segundoos vizinhos, a moça deixou o apartamento, no Conjunto Residencial Visconde de Araguaia, em Santa Cruz, bairro da Zona Oeste do Rio, com o filho adolescente, mas deixou todos os pertences no imóvel. Fernanda também é suspeita de ter ajudado Bruno a deixar sua mansão, no Gol vermelho dela.

O fato aconteceu na terça-feira passada, após a polícia ter apreendido no local o menor J., pivô das denúncias sobre a morte de Eliza. Conhecida pelos moradores da região de Santa Cruz, Fernanda era frequentadora do bar Rock Bola, na mesma rua do conjunto residencial.

O goleiro também já esteve no local, acompanhado da mulher. “O Bruno já veio aqui pelo menos uma vez. Nessa ocasião, ele chegou a dormir na casa de Fernanda e foi abordado por um torcedor do Flamengo. O rapaz até brincou com Bruno, falando que se o goleiro não tirasse uma foto com ele, iria espalhar a notícia de que Bruno foi visto com a loira no local. Bruno levou a ‘ameaça’ com bom humor e disse que não haveria problemas para tirar uma foto ao lado do fã”, contou ao jornal um morador da rua que preferiu não se identificar.

Na reportagem de O Dia, Fernanda aparece abraçada a Bruno. O texto informa ainda que era comum ver Fernanda em bares de Campo Grande, bairro vizinho a Santa Cruz, locais também frequentados por Bruno.

TONTURAS
Bruno Souza passou mal na manhã de ontem na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte onde está preso junto com outros suspeitos de terem praticado o crime. Ele sentiu tonturas e foi atendido por uma enfermeira por volta das 8h. Em seguida, Bruno retornou para a cela.

A Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais informou que o atleta passou por outro atendimento médico. Bruno é suspeito de envolvimento na morte da ex-amante Eliza Samudio, 25 anos. Eliza desapareceu no início de junho. Um adolescente de 17 anos, primo de Bruno, afirmou à polícia que ela foi morta. O corpo da vítima ainda não foi localizado.

Além de Bruno, já foram presos Luiz Henrique Romão, o Macarrão, considerado braço direito do goleiro, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, Elenilson Vitor da Silva, administrador do sítio do atleta, Flávio Caetano de Araújo, o Flavinho, e Wemerson Marques de Souza, o Coxinha. A jovem tentava provar na Justiça que o jogador era pai de seu filho de 4 meses. A defesa de Bruno diz que vai contratar peritos particulares para uma investigação paralela.

Acusados ficam em silêncio
Quatro suspeitos de participar do desaparecimento e suposto assassinato de Eliza Samudio foram levados ontem para depor no Departamento de Investigação de Belo Horizonte. Nada disseram.

O advogado Zanone Manoel de Oliveira Júnior, que defende o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de matar e lançar partes do corpo de Eliza a cães, informou que seu cliente recorreu ao direito de ficar calado em todas as perguntas, quase 50, feitas pela polícia.

Também preferiram o silêncio Elenilson Vitor da Silva, Wemerson Marques de Souza, o Coxinha, e Flávio Caetano de Araújo, presos na sexta-feira da semana passada, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O depoimento de cada um dos suspeitos de envolvimento no assassinato durou cerca de 30 minutos. Ontem, Ércio Quaresma, outro advogado de Bruno e de cinco outros suspeitos detidos, entrou com pedido de habeas-corpus no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Adolescente dá novo depoimento
O adolescente J., peça- chave nas investigações do desaparecimento de Eliza Samudio, foi ouvido mais uma vez, na última quinta-feira, pelo Ministério Público. De acordo com a edição de ontem do Jornal Nacional, o garoto deu novas versões aos fatos.

Ele disse que Macarrão amarrou as mãos de Eliza, enquanto a moça era sufocada por Neném que, segundo a polícia, é outro apelido do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola.

Ainda de acordo com o novo depoimento, Bola mostrou um documento de policial e ameaçou Eliza. O juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude do Rio, Marcius Ferreira, autorizou, onte à tarde, a transferência do menor J., de 17 anos, para Minas Gerais, onde vai ficar à disposição da Justiça.

3 respostas para “Caso Eliza Samudio: outra amante do goleiro Bruno desaparece”

  • Valdecy disse:

    Olá!

    Leia artigo isento de sensacionalismo. Uma análise objetiva sobre o caso Bruno. Caso goste, divulgue e comente. Acessar em:

    http://www.valdecyalves.blogspot.com

  • cassia de souza disse:

    ola´!minha amiga teve um sonho, muito forte q eu ao escuta, me impressionei muito ,.nao custa ele investiga. A equipe de investigaçao, minha amiga sonhou com ELIZA pedindo para dizer q o resto mortais dela esta no jardim do sitio de bruno aonde tem flores como do tipo boa noite ,ela dizia tambem q eles os policias pocuram perto mas NAO no jardim nao pra coloca os caes pra fareja no jardim.POIS nao custa investigar pois a minha amiga e EVANGELICA POIS SONHO TAMBEM REVELA OBRIGADO PELA ATENÇAO

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia