Jornal argentina diz que Brasil ganhou de Costa do Marfim com ajuda da “mão do diabo”

Ao término do jogo contra a Costa do Marfim, em entrevista, o jogador evangélico Luís Fabiano afirmou que o seu gol foi obra “da mão de Deus”, pois ao dominar a bola, ajeitou-a com o braço direito antes de dar um chapéu em um zagueiro marfinense.

Esse foi o segundo gol marcado na partida e pelo jogador, após um “jejum” de seis jogos sem marcar. Também foi considerado pelo próprio jogador um dos gols mais bonitos de sua carreira. Porém após a sua entrevista o tablóide esportivo argentino “Olé” afirmou que o gol teve ajuda da “mão do diabo”.

Em um jogo contra a Argentina, Luís Fabiano já teria feito provocações. Ele afirmou que os jogadores brasileiros eram felizes enquanto os argentinos são amargos, além de comparar a Seleção brasileira a um jato, pois Maradona afirmou que os argentinos são Rolls Royce, comandado por Messi.

“Escandalosa mão de Luís Fabiano antes de fazer o segundo da vitória por 3 a 1 do Brasil sobre a Costa do Marfim. Além disso, não foi nada original: falou de mão santa, mão de Deus?”, escreveu o jornal na capa ao lado da manchete “La mano Del diablo”, com o fundo da foto de Luís Fabiano dominando a bola.

Outros jornais também criticaram a jogada que marcou o gol. O jornal marfinense Soir Info chamou de “a mão do assassino” e o jornal L´Inter de “a mão vergonhosa que enforcou a Costa do Marfim”.

Fonte: Gospel+