AE/R7

Durou cerca de duas horas, na sede do PSDB, a reunião do presidente do partido, Sérgio Guerra, com o presidente do DEM, Rodrigo Maia. Segundo Maia, houve avanços. 

– Avançamos positivamente na conversa sobre indicação do vice.

Na próxima semana deve haver uma reunião dos comandos do PSDB e do DEM com o candidato tucano à sucessão presidencial, José Serra. O DEM terá que definir questões eleitorais como composição de chapa e alianças regionais até dia 30 de junho, data da convenção nacional do partido.

Após meses de indefinição sobre quem seria o cabeça na chapa – Serra ou Aécio Neves -, a escolha de um segundo nome também virou uma novela no PSDB. O DEM, principal aliado dos tucanos nestas eleições, teria a preferência na indicação, mas, temendo ainda mais impasses, membros do partido dizem que essa escolha caberá ao candidato.

Diferentes nomes foram lembrados pelos aliados desde que Serra se tornou, oficialmente, pré-candidato, em abril deste ano. O nome mais forte foi justamente o de Aécio, que negou por diversas vezes a disposição de acompanhar Serra na disputa nacional e prefere tentar uma cadeira no Senado.