do Politica Livre

Em telefonema há pouco ao Política Livre, o deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) relatou ter ficado estarrecido com a animosidade contra o governo Jaques Wagner (PT) durante audiência pública que a Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa realiza desde a manhã em Vitória da Conquista.
Do evento, participam, além de Bacelar, os deputados Clóvis Ferraz (DEM) e Capitão Tadeu (PSB), parlamentar egresso da PM que se coloca como legítimo representante da corporação na Assembleia. Segundo Bacelar, de todos os segmentos ouvidos até agora, ninguém defendeu o governo.

Já falaram militares, vereadores e representantes da comunidade, todos, segundo o deputado, seguindo a mesma linha de ataques ao Executivo. “Até gente vestida de morte tem aqui”, contou. De acordo com Bacelar, o maior foco de críticas até agora foi a ação do governo contra PMs acusados de integrarem um grupo de extermínio na cidade.

Contou ele que a comunidade teria ficado revoltada com o fato de o secretário de Segurança Pública, César Nunes, ter chegado ao município liderando uma força-tarefa com vários policiais para prender os militares acusados de participação na morte de jovens de um bairro da periferia.

“Deveria ter um representante do governo nesta audiência hoje aqui, registrando o que estamos ouvindo. Posso estar enganado, mas tenho quase certeza de que, em Conquista, o governo não ganha, não”, declarou Bacelar, que estima o encerramento dos trabalhos para logo mais à tarde.