CORREIO

Um africano de 32 anos morreu durante um voo entre a Argentina e a Alemanha. Ele passou mal e, por isso, o avião teve que fazer um pouso de emergência no Recife, na madrugada deste domingo (6). Dois médicos tentaram socorrê-lo no aeroporto da capital pernambucana, mas ele já estava sem vida.

Segundo a Polícia Federal, durante perícia, foi constatado que o sul-africano havia ingerido 104 cápsulas de cocaína. Uma delas teria apresentado sinais de rompimento e isso pode ter causado a morte do passageiro.

De acordo com o G1, o resultado da análise que vai apontar a causa da morte deve ser encaminhado à PF, que deve investigar o envolvimento do estrangeiro com tráfico internacional de drogas.

A polícia informa que essa foi a quinta apreensão de entorpecentes feita pela corporação, neste ano, no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes-Gilberto Freyre. Cinco estrangeiros foram presos.