Cristina Santos Pita, da sucursal do A Tarde em  Santo Antônio de Jesus

Nove pessoas ficaram feridas na madrugada desta terça-feira, 1º, durante o uso de fogos de artifício na tradicional Festa da Alvorada, que acontece na Rua Rio Branco, no município de Cruz das Almas (a 146 km de Salvador). Cinco vítimas tiveram queimaduras provocadas por espadas, três sofreram traumas causados pelo choque com o artefato e outro corre risco de perder um dedo da mão após ser lesionado por bomba.

A Festa da Alvorada abre a trezena de Santo Antônio e marca os festejos juninos. O número de feridos é superior ao contabilizado em 2009, quando seis pessoas tiveram de ser atendidas.

O caso mais grave até agora é o de um adolescente de 14 anos que teve a mão ferida na explosão de uma bomba e foi transferido para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Segundo a equipe médica que prestou os primeiros atendimentos ao garoto, ele corre o risco de perder um dos dedos.

Desde o dia 24 de maio a Santa Casa de Misericórdia e a Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) discutem planejamentos para o atendimento aos queimados no período junino na cidade. A coordenadora do setor de enfermagem da Santa Casa, Lívia Melo, alerta que “apesar de diminuição nos últimos anos do número de queimados, vem aumentando os casos de trauma, principalmente traumas na face”. Por conta disso, a orientação dos médicos é que os tocadores de espadas priorizem a utilização do capacete.