A manifestação da Polícia Civil em que  vem mantendo 30% do efetivo em atividade, lutando pelo projeto de um piso salarial nacional, dentre outros benefícios, não aparenta está surtindo efeito para com o estado.
 
Já o povo vem sentindo  a cada dia os efeitos da manifestação.Sem investigação, emissão de identidade, laudos de arrombamento, perícia, antecedentes criminais e veículos, a sociedade não tem a  quem recorrer.
 
Na noite desta segunda-feira(31), a (PM) C.E.T.O e RONDESP após abordagem de rotina apreenderam dois rapazes, e com eles uma “chumbeira” arma de fabricação caseira. Ao serem levados para delegacia, nenhum procedimento foi realizado, por causa da paralisação e por que se tratava de  uma arma artesanal.
 
Talvez seja hora dos agentes darem um “grito mais alto” para assim serem ouvidos e o estado tomar alguma atitude. Eles não recebem um salário digno (Um direito da categoria) e a sociedade termina pagando as consequências. Do Radar Noticias