do Bahia Noticias

Rinaldo Valença de Lima confessou a autoria dos disparos

image

Há pouco tempo, o delegado Cleyton Leão Chaves, que era titular da 18ª Delegacia de Polícia de Camaçari, e foi assassinado na quarta-feira (26), já prendera um dos três criminosos que, de acordo com as investigações da polícia, tinham o objetivo de roubar seu veículo. Trata-se de Rinaldo Valença de Lima, que confessou a autoria dos disparos. Ele foi solto mediante habeas corpus, requerido pelo advogado e vereador Jorge Curvello (DEM). Sendo assim, não está afastada a possibilidade de o assaltante ter reconhecido o delegado na hora do crime, e por isso ter efetuado o disparo.