Foi grande o movimento neste domingo (30) nos 50 postos de saúde de Salvador que estão vacinando jovens de 10 a 14 anos contra a Meningite tipo C. A imunização, que segue até esta segunda-feira (31), das 9 às 17h, é a primeira etapa da campanha que pretende vacinar mais de 500 mil jovens de 10 a 24 anos na Capital.

No Centro de Atenção a Saúde Dr. José Maria de Magalhães Neto, na região do Iguatemi, as primeiras doses foram aplicadas dez minutos depois de abertos os portões. Apesar da fila que se formou, o atendimento foi rápido e cada aplicação não durava mais de 2 minutos.

“Nós já esperávamos esse grande fluxo, porque o objetivo é esse, vacinar 240 mil jovens em dois dias, interrompendo o mais rápido possível a transmissão da doença”, explicou o secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla.

Segundo Solla, a vacinação desta faixa da população vai garantir a redução do número de mortes causadas pela Meningite tipo C. “Nós observamos um crescimento da doença este ano e ele foi específico nesta faixa de idade. Por isso, o governador decidiu que deveríamos fazer a vacinação e interromper o contágio”.

Nos dias 12 e 13 de junho vai ser realizada a segunda etapa, com a vacinação de jovens de 15 a 19 anos. No mês de julho, em data a ser confirmada, serão vacinados os jovens de 20 a 24 anos. Os locais de vacinação nas duas próximas etapas são os mesmos desta primeira etapa. “Esperamos que todos compareçam nas datas agendadas e que a gente possa vencer de uma vez essa doença”, disse a superintendente de Vigilância a Saúde do Estado, Lorene Pinto.

Quem quiser tirar dúvida ou saber qual o ponto de vacinação mais próximo de casa pode ligar para o Disque Saúde no 0800 284 0011 ou acessar o site da Secretaria da Saúde.

Tranquildade 

Na fila muitas mães acompanhavam seus filhos durante a vacinação. Para elas um momento de alívio. “Meu filho nunca teve nada, mas eu morria de medo. A gente vê falar nos casos e sabe que é uma doença que mata, aí sempre fica assustada. Graças a Deus temos um governo que se preocupa e resolveu vacinar os garotos”, disse a segurança Iraci Santos, que levou o filho para receber a dose da vacina.

Apesar de não ter a maior quantidade de casos de meningite do país, nem em números absolutos nem em números relativos, a Bahia é o único estado a realizar a campanha de vacinação contra a doença. Ano passado foram vacinadas crianças de zero a cinco anos, e este ano os jovens de 10 a 24. Ao todo serão mais de 2 milhões de pessoas vacinadas.

AGECOM/BA