WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


maio 2010
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


Tesoureiro petista da campanha de Dilma é condenado em SP


da Folha

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o futuro tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff e ex-prefeito de Diadema, José de Filippi Junior, a devolver valores que podem chegar a R$ 2,1 milhões para os cofres da prefeitura daquela cidade.

A decisão ocorreu pela contratação sem licitação do escritório do advogado Luiz Eduardo Greenhalgh. Filippi Jr. e Greenhalgh são do PT.

O escritório de Greenhalgh foi contratado pela Prefeitura de Diadema entre 1983 e 1996. Defendeu só duas causas, segundo o Ministério Público, e ganhou cerca de R$ 2,1 milhões pela tarefa. A prefeitura contava com 51 procuradores para defender os interesses da cidade, de acordo com a Promotoria.

O tesoureiro de Dilma foi condenado em duas decisões do TJ. Na primeira delas, houve um voto a favor dele, o que tornou possível a reavaliação do caso. No segundo julgamento, perdeu por 4 a 1.

O valor a ser devolvido será calculado só quando houver uma decisão definitiva sobre o caso. O ex-prefeito pode recorrer da decisão.

O TJ também condenou Filippi Junior à perda dos direitos políticos por cinco anos. A decisão não afeta a função que ele terá na campanha de Dilma. Tesoureiro não é uma função pública.

Greenhalgh foi contratado sem licitação. A prefeitura usou a figura da notória especialização para driblar a concorrência exigida por lei. Para o TJ, o escritório não tem notória especialização.

“A população de Diadema foi prejudicada. Não pode escolher. Não se levou em consideração o custo do contrato, mas fatores outros, cujos indícios são de proteção ou escolha baseada em critérios personalíssimos”, escreveu o desembargador Renato Nalini ao rejeitar os recursos.

Outro ex-prefeito de Diadema e um ex-vice também foram condenados: Gilson de Menezes e José Augusto da Silva Ramos. Menezes, ex-ferramenteiro, foi o primeiro prefeito eleito pelo PT, em 1982. Silva Ramos foi vice-prefeito de Diadema por duas vezes, era do PT e agora está no PSDB _é deputado.

Outro lado

A Folha não conseguiu encontrar José Filippi Junior para comentar a condenação do TJ. A informação era de que ele está nos EUA, na Universidade Harvard. Um e-mail enviado pela reportagem ficou sem resposta.

O presidente do PT, José Eduardo Dutra, não quis comentar a condenação do futuro tesoureiro. Disse que não conhecia o caso.

A Folha deixou recados na caixa posta do celular de Luiz Eduardo Greenhalgh, mas ele não ligou de volta.

2 respostas para “Tesoureiro petista da campanha de Dilma é condenado em SP”

  • marineide dos santos disse:

    pois é, enquanto ele gasta tanto dinheiro sem necessidade, o servidor pasta com a falta de estrutura fisica, de trabalho, salarios defasados, plano de cargos e salarios parado, pois estamos aguardando a mais de 18 anos que seja concluido.Enquanto isso esse espertinho estuda fora, com o nosso dinheiro provavelmente.E tudo isso com a velha desculpa de sempre “NÃO TEM DINHEIRO”.Gostaria sinceramente que esse tipo de gente sumisse. O que me irrita mais, é que o fulano se candidata a deputado, com faixas por todos os lados em Diadema,a nossas custa e ganha.
    Ah! que raiva!!!!!!!!!!!

  • marineide dos santos disse:

    Pois é, enquanto ele gasta tanto dinheiro sem necessidade, o servidor pasta com a falta de estrutura fisica, de trabalho, salarios defasados, plano de cargos e salarios parado, pois estamos aguardando a mais de 18 anos que seja concluido.Enquanto isso esse espertinho estuda fora, com o nosso dinheiro provavelmente.
    E tudo isso com a velha desculpa de sempre “NÃO TEM DINHEIRO”.Gostaria sinceramente que esse tipo de gente sumisse. O que me irrita mais, é que o fulano se candidata a deputado, com faixas por todos os lados em Diadema,a nossas custa e ganha.
    Ah! que raiva!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia