A Câmara Municipal realizou, nesta quarta-feira (26), sessão especial em comemoração aos 30 anos de fundação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). A sessão foi uma iniciativa do mandato do vereador Gildásio Silveira (PT) e contou com a presença de alunos, professores e funcionários da instituição.
Fundada em 27 de maio de 1980, a UESB foi criada a partir de uma decisão do governo da Bahia em interiorizar o ensino superior no Estado. Originou-se das antigas Faculdades de Formação de Professores de Vitória da Conquista e Jequié, criadas em 1962, mas que só começaram a funcionar anos mais tarde, impulsionadas pelo Plano Integral de Educação do Estado, de 1969.
Em 1987 a UESB teve autorização para funcionamento em sistema multicampi (Vitória da Conquista – Jequié – Itapetinga). Atualmente a Universidade oferece 36 cursos nas mais diversas áreas do conhecimento, o que a consolida como referência em educação superior na região Sudoeste da Bahia.

O vereador Gildásio Silveira (PT) afirmou que a UESB tem sua marca registrada na vida de muitos profissionais de Conquista e região. O parlamentar afirmou que, por meio dos alunos egressos, o nome da UESB é colocado em evidência em todo o país, fruto do trabalho desenvolvido  na academia, trazendo à tona a qualidade do ensino oferecido na instituição.
O presidente da Câmara destacou o sucesso da gestão do professor Abel Rebouças e parabenizou a todos os que trabalham por uma universidade de qualidade. “A UESB vem cumprindo seu papel de realizar, com efetividade, o ensino, pesquisa e extensão, produzindo, sistematizando e socializando o conhecimento”, disse.
Silveira fez um breve resgate da história da UESB, destacando projetos como Pólo Digital do Sertão, PROLER, Rádio e TV UESB, além da parceria com outras faculdades como FTC, Fainor e IFBA. “Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga ganharam um novo tempo com a instalação da UESB, que é referência não só por suas atividades educacionais, mas também por ultrapassar os limites da sala de aula, promovendo o desenvolvimento regional”, disse.
Ainda em seu discurso, o vereador afirmou que Conquista se destaca como pólo educacional e possui uma rede de educação municipal que tem o compromisso de não deixar nenhuma criança fora da escola por falta de vagas. “Quando se prioriza a educação, construímos uma sociedade melhor”, declarou.

Coriolano Moraes Neto, secretário Municipal de Educação, afirmou que a homenagem prestada à UESB é o reconhecimento do trabalho realizado por professores e funcionários. Neto salientou a importância da educação como meio de emancipação do ser humano e ressaltou o papel fundamental do Ensino Superior na produção do conhecimento.
Para o secretário, que representou o prefeito Guilherme Menezes, a UESB é uma referência na área da educação para toda a região. “É uma universidade pública, gratuita, de qualidade e feita por pessoas que contribuem de forma significativa na construção do saber”, disse, prestando homenagem aos professores que marcaram a história da instituição.

O administrador Tairone Félix, representante dos servidores técnico-administrativos da UESB, destacou o papel desempenhado pela universidade na execução de projetos de extensão e pesquisa que aproximam a UESB da população conquistense. Félix destacou os projetos da Rádio e TV UESB, que são marcos na expansão da universidade.  “Que os projetos da universidade alcancem o maior número de pessoas”, disse, ressaltando o desafio de elaborar políticas públicas de inclusão para o município.

Para o professor Paulo Roberto Pinto, chefe de gabinete da reitoria da UESB, a sessão foi um momento de reconhecimento do trabalho realizado pela universidade. Destacou que, ao longo destes 30 anos, a UESB firmou-se como referência na área de educação no estado da Bahia. “O que temos de melhor são as pessoas que estão dentro de nossa instituição”, disse, prestando homenagem a professores e alunos.
Paulo Roberto, que venceu a última eleição para reitor, enfatizou o caráter eclético da UESB, que dá espaço para que todos possam expressar livremente seu pensamento. Destacou a parceria entre a Câmara e a UESB, especialmente no contrato que prevê a transmissão das sessões legislativas pela TV UESB Educativa.
“Vamos consolidar os cursos de graduação já existentes e trabalhar no sentido de aumentar a qualificação docente, para que possamos implantar mais cursos de pós graduação”, declarou, homenageando os professores que fizeram a história da instituição. ASCOM