A Polícia Militar diz que um garoto de cerca de dez anos é chefe de uma quadrilha de traficantes no município de São Manuel, a 272 km de São Paulo. O garoto, apelidado de Poderosinho, atua na praça de um conjunto habitacional.

Durante uma operação batizada de Fraldário, dois jovens de 17 e 20 anos foram detidos e drogas e munição apreendidas. O menino não foi localizado. [Os presos] disseram que o Poderosinho é o patrão, disse o major Jorge Duarte Miguel, subcomandante da PM na área de Botucatu.

Fotos e vídeos obtidos pela PM mostram o menino dando ordens – dispõe os olheiros, vende, recebe dinheiro e distribui drogas. Se apreendido, ele não irá para a Fundação Casa, já que a legislação só admite privação de liberdade a maiores de 12 anos.

O coordenador de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça, desembargador Antonio Carlos Malheiros, acha muito difícil um menino de dez anos ser chefe no tráfico. Se for verdade, é mais uma criança que merece um cuidado especial do Judiciário. Com informações da Folhapress