Os vereadores Gildásio Silveira (PT), Fernando Jacaré (PT), Joel Fernandes (PTN) e Beto Gonçalves (PV) receberam, na manhã desta quinta-feira (13), uma comitiva de pesquisadores do Suriname. O grupo, formado pelos professores Chartteapal Rawies, Robert Kross e Berwiek Zafmathyflaar, veio acompanhado pelo pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Joselito Motta. O objetivo da visita foi coletar informações sobre a tecnologia empregada no cultivo da mandioca na região de Vitória da Conquista.

Segundo Robert Kross, professor da Universidade Federal do Suriname, a visita faz parte de um programa que foi elaborado pela EMBRAPA. Os pesquisadores vão visitar unidades de beneficiamento, além de conhecer os produtos derivados da mandioca na região. “Toda cadeia produtiva da mandioca está sendo estudada”, afirmou.

Joselito Motta, pesquisador da EMBRAPA e especialista em mandiocultura, ressaltou que existe uma cooperação entre Brasil e Suriname, e  Vitória da Conquista está inserida neste contexto por ser referência na produção de mandioca e derivados. “A mandioca é  o maior patrimônio alimentar que temos no mundo tropical. Mais de 600 milhões de pessoas no mundo têm a mandioca e seus derivados  como fonte alimentar e de energia”, disse.

O presidente da Câmara, vereador Gildásio Silveira, afirmou que Vitória da Conquista tornou-se referência internacional no tocante  a agricultura familiar, especialmente a mandiocultura. “Os técnicos do Suriname estão impressionados com a diversidade de produtos feitos a partir da mandioca”, disse. Silveira informou que está programando uma visita ao estado de Sergipe para conhecer o processo de utilização da manipueira que é transformada em ração para animais. “Nós buscamos uma alternativa para utilização da manipueira, que aqui é desperdiçada, tornando-se prejudicial ao meio ambiente”, concluiu. As informações são da Assessoria de Comunicação