Um Airbus de uma empresa líbia caiu nesta quarta-feira (12) quando tentava pousar em Trípoli, capital da Líbia, matando 103 das 104 pessoas que estavam a bordo. Um garoto holandês de 10 anos foi o único sobrevivente, segundo o ministro líbio de Transportes.

O Airbus A330-200 estava em operação desde setembro do ano passado e voava de Johannesburgo, na África do Sul, rumo à capital líbia, quando caiu por volta das 6h locais (1h de Brasília).

A empresa divulgou uma relação parcial de nacionalidades das vítimas, mas ainda sem nomes.

“Todo mundo está morto, exceto uma criança”, disse o ministro líbio de Transportes, Mohamed Zidan. O avião levava 93 passageiros e 11 tripulantes. A aeronave era operada pela companhia líbia Afriqiyah Airways.

O ministro disse que os investigadores estavam tentando descobrir a causa do acidente, mas descartou a hipótese de terrorismo. O sobrevivente está ferido, mas não corre risco de vida. “A criança está em boas condições e foi hospitalizada para exames”, disse o ministro.

Veja imagens do acidente em Trípoli

acidente aéreo líbia
Equipes de resgate fazem buscas no local do acidente, no aeroporto de Trípoli, nesta quarta (Foto: Abdel Meguid al-Fergany/AP)