Foto: Tasso Marcelo/AE

  Policiais da Delegacia de Combate as Drogas (Dcod) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) realizaram uma operação na Favela do Jacarezinho

Policiais da Delegacia de Combate as Drogas (Dcod) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) realizaram uma operação na Favela do Jacarezinho

A polícia prendeu nesta quinta-feira cinco pessoas acusadas de incendiar um ônibus na favela Antares, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a Band News FM, uma operação está sendo feita em sete favelas da região com o objetivo de combater o tráfico de drogas.
Segundo a reportagem, além dos presos, três suspeitos também foram detidos. Ninguém ficou ferido. Ainda nesta quarta-feira, a polícia apreendeu drogas e ocupou as favelas do Jacarezinho e do Borel, onde devem ser instaladas unidades de polícia paficificadora.

Jacarezinho

Na favela do Jacarezinho a operação começou mais cedo. Às sete e meia da manhã, cerca de 60 policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais e da delegacia de combate às drogas ocuparam o local.  Em um dos pontos da favela, policiais encontraram cocaína, craque, uma balança de precisão, munição e duas submetralhadoras.

Nesta terça-feira, a ação da polícia ajudou a prender um dos gerentes dos pontos de venda de drogas do Jacarezinho. André Neves de Souza estava escondido em uma favela de Duque de Caxias.

Borel

Uma semana depois da ocupação da polícia na favela da polícia, muros pichados e marcas da violência ainda estão pela comunidade. Segundo a Band do Rio de Janeiro, nas ruas circulam integrantes do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), mas o comércio abriu sem preocupação e os moradores circulam sem medo.

Redação: Bárbara Forte/e-Band