Por Rodrigo Ferraz

A equipe da força-tarefa do Ministério Público realizou uma coletiva no final da manhã desta quarta-feira (05) com o intuito de esclarecer para a imprensa local e estadual o andamento das prisões dos 10 policiais que podem estar envolvidos nos homicídios após a morte do PM Marcelo Márcio.

De acordo com a promotora de justiça, Genísia Oliveira, novos mandados de prisão podem ser acionados. “Não podemos descartar essa possibilidade neste momento”, revela.

O coordenador do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais), Maurício Cerqueira, também esteve presente no momento dos depoimentos. Ele revela que todo o material coletado será levado para o departamento de Polícia Técnica, em Salvador, com o intuito de realizar as devidas investigações. “Vale salientar que todos os policiais que serão encaminhados ao batalhão de Salvador se apresentaram espontaneamente e já foram interrogados. Vamos aguardar as perícias para que novos fatos sejam divulgados”.

Durante a coletiva, foi informado que nenhum policial assumiu a autoria dos crimes. Do Blog da Resenha