Em assembleia realizada na noite da última quarta-feira (28), os médicos baianos aprovaram a paralisação dos serviços de atendimento ambulatorial para a próxima quarta-feira (05), juntando-se aos demais funcionários da Saúde que haviam suspendido as atividades.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed), os serviços de emergência não serão afetados com a paralisação. Ainda como parte da mobilização, os médicos farão um ato público, em frente à Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), no Centro Administrativo (CAB).

À noite será realizada uma assembleia na sede do Sindimed, no bairro da Ondina, para avaliar o movimento. Os médicos esperam que o governo tome um posicionamento favorável às reivindicações da categoria, que incluem a atualização dos valores da Gratificação do Incentivo ao Desempenho (GID) e a revisão da situação dos municipalizados e dos aposentados.

Tribuna da Bahia