O total de pessoas afetadas pelas chuvas que atingem os Estados de Santa Catarina e Paraná desde a semana passada passa de 377 mil, segundo boletins dos governos desta terça-feira (27). A maioria dos atingidos está no Paraná, que contabiliza 225 mil prejudicados em 27 cidades e uma morte. 

A capital paranaense conta 180 mil afetados, quase metade do total de afetados na região. O Corpo de Bombeiros de Curitiba encontrou o corpo de uma pessoa que estava desaparecida desde a última quinta-feira (22). A vítima, um rapaz de 23 anos, teria sido arrastado pela correnteza de um rio da cidade quando tentava fazer a travessia, segundo informações da instituição.

Os bombeiros de Curitiba ainda procuram por outro rapaz, que desapareceu no sábado (24) depois que seu carro caiu em um córrego na divisa com a cidade de São José dos Pinhais, região metropolitana da capital.

Santa Catarina tem mais de 152 mil pessoas atingidas em 52 cidades. Apesar da população prejudicada ser menor, 24 cidades decretaram situação de emergência. No Paraná nenhuma cidade entrou em emergência.

O número de pessoas em abrigos chegou a 1.918 nos dois Estados. O total dos que tiveram que sair de casa, mas que conseguiram se alojar em casa de amigos e parentes está perto de 14 mil.

Rio Grande do Sul
As chuvas também afetam a região de fronteira do Rio Grande do Sul. A altura do rio Uruguai subiu rapidamente na manhã desta terça-feira (27), fazendo com que a travessia de balsa na cidade de Itapiranga fosse suspensa. A água chegou a invadir lojas da aduana.