A Secretaria de Turismo da Bahia, a Prefeitura de Vitória da Conquista e instituições parceiras intensificaram as discussões para a criação da nova zona turística do Estado, que vai se chamar “Caminhos do Sudoeste”. A formação de uma equipe de trabalho com representantes dos municípios da região e o início do cadastramento de prestadores de serviços junto ao Ministério do Turismo estão entre as primeiras providências discutidas na última reunião realizada na Casa Memorial Régis Pacheco. Além dos representantes das prefeituras, as discussões também têm contado com a participação de membros do Sebrae, do Banco do Nordeste e da Faculdade de Ciência e Tecnologia (FTC).
O secretário municipal de Cultura e Turismo, Gildelson Felício, ressaltou a importância de se criar uma equipe com representantes de todos os municípios que têm atrativos e interesse de se inserirem na zona turística “Caminhos do Sudoeste”. “Não vamos conseguir avançar sem um núcleo próprio, integrado e com foco, metas e prazos para serem cumpridos”, ressaltou o secretário. Já o assessor especial da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia destacou algumas exigências feitas pelo Ministério do Turismo. “É preciso que cada município faça seu dever de casa, ou seja, que produza um inventário sobre os atrativos turísticos locais, um planejamento de ações e o cadastramento de prestadores de serviços, sejam da rede hoteleira, de transporte, alimentação, entre outros”, afirmou José Carlos.

Uma relação de cidades que devem agilizar o processo de elaboração do inventário e participar de maneira mais efetiva na consolidação da nova zona turística já foi definida. São elas: Vitória da Conquista, Jequié, Barra do Choça, Boa Nova, Nova Canaã, Ituaçu, Iguaí, Ibicuí e Itapetinga. Vale ressaltar que essa relação não exclui os demais municípios que possuem atrativos turísticos e desejam trabalhar em prol do desenvolvimento e consolidação da zona turística “Caminhos do Sudoeste”.

Um seminário deve ser realizado no mês de junho com o objetivo principal de envolver o empresariado da Região Sudoeste da criação da nova zona turística da Bahia.
SECOM/PMVC