A Espanha, um país tradicionalmente cristão, nos últimos anos tem adotado medidas longe de serem consideradas agradáveis aos olhos de Deus. A preocupação atual é com a nova Lei do Aborto, aprovada recentemente de forma definitiva e que autoriza a mãe a matar o feto até a 14ª semana de gestação; além disso, ela permite que meninas maiores de 16 anos não precisem de autorização dos pais para abortar. É nesta atmosfera de ataque direto à vida e à família que os missionários de Missões Mundiais em Barcelona, Pr. Gelson e Cláudia Nogueira, desenvolvem estratégias para salvar vidas, resgatando-as para o Senhor Jesus.

Na pequena cidade de Vilaseca, com apenas 22 mil habitantes, eles se reúnem semanalmente com outros 11 casais para orar, estudar a Palavra e compartilhar suas experiências de vida matrimonial. Nesse mês de abril os missionários deram início às reuniões como congregação da Igreja de Salou, plantando assim a primeira igreja na cidade. “Deus tem nos surpreendido com a chegada de novas pessoas, algumas crentes e outras não. Dessa forma, a obra cresce ao ponto da igreja ter nos pedido para iniciar esta congregação”, diz o pastor.

A apresentação oficial da nova igreja acontece em maio com a visita do time de basquete da Universidade Wheaton de Chicago/EUA, todos servos de Deus, para realização de atividades esportivas e evangelísticas em Salou e Vilaseca.

Aos domingos, a igreja recebe um grande número de visitantes. São pessoas que, em sua grande maioria, não retornam, pois são imigrantes que mudam constantemente de cidade devido a transferências de trabalho. Com isso, os missionários buscam todas as oportunidades para anunciar a Cristo. É importante que os batistas brasileiros orem para que estes visitantes entendam a mensagem e entreguem-se a Jesus Cristo.

Para atender às necessidades em seu campo, os missionários clamam pela chegada de novos obreiros com o desejo de busca pela excelência na obra do Senhor.

JMM