Wagner não quer escolher Waldir (foto) em detrimento de Pinheiro e vice-versa

Além de avaliar que dois nomes do PT em sua chapa pode não levar ao resultado eleitoralmente esperado, o governador Jaques Wagner terá outro pepino a descascar se optar por uma solução doméstica do ponto de vista partidário para resolver a lacuna aberta com a adesão do senador César Borges (PR) ao candidato do PMDB a governador, Geddel Vieira Lima:  a escolha entre o ex-governador Waldir Pires e o deputado federal Walter Pinheiro.

 “Por que Wagner vai escolher Walter e não Waldir? Por que um é melhor do que o outro?”, pergunta, assim, cheio de razão, um importante quadro petista ao Política Livre. Este, em sua avaliação, é mais um motivo para que Wagner exclua a opção de um novo petista como companheiro de disputa, concentrando-se em escolher para as outras três posições da chapa nomes de… partidos diferentes. (Raul Monteiro)

 Politica Livre