Ausência mais notada na cerimônia em que  Serra despediu-se do governo de SP na semana passada, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não será “escondido” na festa para lançamento da pré-candidatura do tucano à Presidência, em Brasília. O encontro nacional que reunirá o PSDB, o PPS e o DEM será no próximo sábado. Embora líderes dos três partidos ainda não tenham “batido o martelo” sobre o formato do evento, está decidido que FHC terá a palavra como presidente de honra do PSDB. O tucanato avalia que, em encontros desse tipo, a regra geral é muito barulho, dispersão e pouca atenção aos oradores. Por isso, os organizadores estão empenhados em realizar uma cerimônia que não dure além de quatro horas. Esse modelo não comporta mais do que meia dúzia de oradores – todos orientados a fazer discursos curtos até que Serra tome o microfone para apresentar sua candidatura. Informações do G1.