Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o Deputado João Carlos Bacelar (PTN) lamentou a falta de empenho do Governador Jaques Wagner no que tange a captação de recursos para investimentos no Estado. “A Bahia perdeu o posto de principal captadora de recursos do BNDES. Dos 22 bilhões destinados a região Nordeste pelo banco, Pernambuco ficou com 13 bilhões enquanto que a Bahia ficou apenas com 3,3 bilhões, porque o governo não apresentou projetos relevantes ao maior fomentador de negócios”, disse o deputado.
Já Pernambuco recebeu a maior fatia, porque estão sendo aplicados investimentos bilionários naquele estado, a exemplo da japonesa Daihatsu, considerada uma das maiores empresas fabricantes de motores do mundo. “Em poucos meses Pernambuco atraiu a Daihatsu, anunciou o fim das obras do grande Estaleiro Atlântico Sul, o acordo com um segundo da Tomé-Schain e está comprometido com a instalação de um terceiro da Alusa-Sundgong-Galvão. E o Governo da Bahia, só pensa na ponte de Itaparica que pode ser definido como uma boa idéia, só que velha,” criticou Bacelar. Se o governo não se mobiliza com urgência e eficácia, se não consegue apresentar projetos inovadores que justificassem a captação de recursos, só resta ficarmos vendo o crescimento dos estados vizinhos. “Até na arrecadação do ICMS, a Bahia passa vergonha. Em 2009, dos 27 estados ficamos em 26º lugar, em termos de! incremento. O Piauí teve um incremento de 18%, O Ceará 37% Pernambuco 42% enquanto a Bahia em termos nominais reduziu o incremento em -2,44%”, concluiu Bacelar.

Fonte: Assessoria de Comunicação