Os cofres públicos de um pequeno município que fica à 440 km de Salvador, foi abastecido com R$ 103,5 milhões. A cidade beneficiada foi Coronel João de Sá (BA), que possui apenas 18 mil habitantes. O município foi o segundo que mais recebeu dinheiro do Ministério da Integração Nacional no País inteiro, perdendo para Salvador. 

O prefeito da cidade é Carlinhos Sobral, do PMDB, mesmo partido do ex-ministro Geddel Vieira Lima, então gestor do Ministério e pré-candidato ao Governo do Estado.. 

Todo esse dinheiro é para á construção de uma barragem no povoado Gasparino à 18 Km da sede, além também de macrodrenagem, implantação de mercado municipal e recuperação de escadarias.

O valor doado ao pequeno município para o inicio de uma “reestruturação” local, chegou a superar os repasses a todos as cidades do Mato Grosso, o quarto estado que mais recebeu recursos do Ministério da Integração Nacional, na gestão de Geddel Vieira Lima.

Os R$ 103, 5 milhões, só não é superior aos R$ 475,9 milhões repassados para as prefeituras da Bahia, aos R$ 134,5 milhões de Minas Gerais, e os R$ 109 milhões do Rio Grande do Sul.

Coronel João de Sá chegou a receber mais que grandes metrópoles como por exemplo São Paulo que recebeu R$ 50 mil.   
www.carlinosouza.com.br