A pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, falou hoje (5) dos avanços do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos sete anos e meio de governo.  Ela citou a geração de milhões de empregos, a adoção de políticas para a classe mais pobre e o enfrentamento da crise econômica mundial, durante a solenidade de posse do novo presidente do PR, senador Alfredo Nascimento. 
 Dilma disse que não se pode deixar que o Brasil entre na contra mão da sua própria grandeza e que não basta ter as melhores propostas, é preciso divulgá-las e defendê-las.
Ao falar dos avanços e conquistas do governo Lula, a ex-ministra alfinetou a oposição. “Venderam nosso patrimônio, quebraram o Brasil, deixaram o povo sem renda adequada não serão capazes de levar isso em frente”.


O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), criticou o discurso e afirmou que “a ex-ministra continua seguindo a prática usada pelo PT desde 2006. O povo já conhece essas mentiras e esse terrorismo, não vai cair neles novamente”.

Já o vice-líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), em resposta à ministra, disse que essa história de anti é um discurso de campanha. “O governo Lula deu prosseguimento aos programas do governo anterior, os programas sociais, a política econômica, e agora é hora de um avanço”.

Agência Brasil