A jovem Carolaine Magalhães Oliveira, 18 anos, que iniciava o nono mês de gestação, morreu neste sábado (3) com suspeita da gripe H1N1, em Itabuna, a 426 km de Salvador.

Ela deu entrada no hospital Calixto Midlej e os médicos conseguiram salvar o bebê que não apresenta sintomas da doença. Mas a mulher não resistiu. Foram colhidas amostras de secreções da garganta e nariz de Carolaine e encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), em Salvador, para análise. O resultado deve sair em 30 dias.

Correio da Bahia