O fluxo de saída da cidade começou a intensificar nesta quinta-feira, 1º, e os motoristas precisam redobrar a atenção nas estradas. Para o feriadão da Semana Santa, a previsão é que cerca de 195 mil pessoas e 123 mil veículos sigam de Salvador com destino ao interior baiano. Para garantir que nosso internauta se prepare para aproveitar de modo seguro, o A TARDE On Line organizou dicas de como viajar de carro com segurança e como evitar acidentes nas rodovias. Confira.

Segurança do veículo*:

– Evite viajar após refeições pesadas, já que pode acontecer aumento de sonolência;
– Não ingira bebida alcoólica, nem medicamentos que interfiram na atenção;
– Prefira viajar durante o dia;
– Redobre a atenção nas áreas urbanas;
– Não fale ao celular enquanto dirige;
– Mantenha uma distância segura dos demais veículos;
– Verifique as condições do carro antes de viajar;
– Utilize cinto de segurança;
– Não exceda a velocidade estabelecida na rodovia;
– Fique atento às condições das rodoviais;
– Não dirija pelo acostamento, nem ultrapasse pela direita em faixa contínua ou curva;

Evite acidentes nas rodovias**:

-Ao dirigir, deve-se evitar uso de bebidas alcóolicas ou medicamentos que reduzam a atenção;
– viajar preferencialmente descansados e durante o dia;
-Redobrar a atenção nos trechos urbanos;
-não dirigir falando ao celular;
-manter uma distância segura entre o seu veículo e o que segue à sua frente;
-verificar condições gerais do veículo, tais como: estado dos pneus (inclusive o de socorro), faróis, limpadores de pára-brisa, extintor, etc, bem como a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo;
-garantir que todos os ocupantes do veículo usem o cinto de segurança;
-não exceder os limites de velocidade permitidos na rodovia, e obedecer a sinalização.

Onde buscar ajuda**:

Central de Polícia – 190
Comando dos Bombeiros – 193
Ouvidoria da PMBA – 0800 284 0011
Disque Denúncia 3235 0000
Sede do BPRv (71) 3301 7590 / 9440 (Salvador)

*Fonte: Polícia Rodoviária Estadual (PRE)
**Fonte: Polícia Militar