Tanques israelenses entraram na Faixa de Gaxa nesta sexta-feira (26), depois do pior confronto com palestinos em 14 meses – duas pessoas foram mortas de cada lado, segundo agências internacionais.


Tanques de Israel avançam sobre a Faixa de Gaza

Cinco tanques e duas escavadeiras blindadas avançaram e bombardearam as proximidades da cidade de Khan Younis, no centro da Faixa de Gaza. O Comitê de Resistência Popular, grupo militante palestino, disse que um de seus membros ficou gravemente ferido com os ataques. Helicópteros israelenses estariam sobrevoando a área.

Segundo o Exército de Israel, um oficial e um recruta foram mortos em uma emboscada de palestinos contra uma patrulha militar israelense. No confronto, dois soldados ficaram feridos e dois palestinos morreram – as baixas não foram confirmada pelas autoridades palestinas, que no entanto afirmama que cinco palestinos ficaram feridos, inclusive um menino de 10 anos.

Acredita-se que o confronto não esteja diretamente relacionado com o atual impasse diplomático entre Israel, os palestinos e os EUA sobre os assentamentos israelense na Cisjordânia. As negociações de paz foram interrompidas. Israel se retirou de Gaza em 2005.

Correio