As famílias que tiveram os benefícios cancelados ainda têm a chance de reverter a situação

image

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome(MDS) informou, nesta sexta-feira (19), que foram cancelados 86.963 benefícios do Programa Bolsa Família por problemas de falta de preenchimento de informações no Cadastro Único. Desde janeiro deste ano, 820,3 mil famílias tiveram o benefício suspenso.
Para evitar a perda do benefício, a população atendida precisa cumprir as condicionalidades nas áreas de educação e saúde e manter o cadastro atualizado.
As famílias que tiveram os benefícios cancelados ainda têm a chance de reverter a situação. Para isso, os beneficiários devem atualizar os dados na prefeitura de seu município que verificará a possibilidade de reinclusão no programa.

Neste mês, o pagamento do Bolsa Família será realizado entre os dias 18 e 31, nos postos de atendimento da Caixa Econômica Federal em todo o país. Os benefícios variam de acordo com o perfil econômico e o número de integrantes da família. O critério para ser atendido pelo programa é ter uma renda mensal per capita de até R$ 140.

Ibahia