Blogueiro teria denunciado que o filho da parlamentar era funcionário fantasma do gabinete do deputado federal Jutahy Júnior (PSDB), recebendo salário mensal de R$ 8 mil.

Uma denúncia para lá de séria circula na imprensa do sul da Bahia. O blogueiro Emílio Gusmão (foto) seria vítima de ameaça de morte por parte de Celso Silva, que é assessor da deputada estadual ilheense Ângela Souza (PSC). Segundo a denúncia do editor do Blog do Gusmão, da cidade de Ilhéus, ele teria recebido um telefonema nesta quarta-feira (17) que seria um ultimato.

O comunicador revela que a intimação foi da seguinte maneira: “Você está falando demais! Cuidado! Você pode amanhecer com aboca cheia de formiga. Pela deputada, eu faço tudo, seu filho da p…, até mesmo cuidar da sua morte”.

Emílio, que já foi assessor de comunicação da deputada, afirmou que tomará todas as providências cabíveis. Gusmão foi à delegacia para prestar queixa contra Celso e pedir proteção de vida. O assessor teria se irritado com uma postagem em que Gusmão revelava que Marcus Sousa, filho da deputada estadual, era funcionário fantasma do gabinete do deputado federal Jutahy Júnior (PSDB), recebendo salário mensal de R$ 8 mil.

Deputada exonera assessor e emite nota pública

A deputada Ângela Sousa afirma que exonerou o assessor parlamentar Celso Silva, acusado de ameaçar de morte o editor do Blog do Gusmão, Emílio Gusmão. Ela disse que tomou como surpresa o fato. Em nota, Ângela diz considerar o fato “absolutamente lamentável”. A parlamentar, segundo a nota, teria determinado a apuração imediata do caso. Ao constatar verdadeira a ameaça, determinou o afastamento de Celso Silva. Leia a íntegra da nota:

A deputada estadual Ângela Sousa vem a público informar que tomou como surpresa o noticiado envolvimento de um funcionário vinculado ao seu gabinete com ameaça a um profissional de comunicação.

A deputada afirma que não coaduna com qualquer tipo de comportamento que vá de encontro à liberdade de imprensa e não irá contemporizar com atitudes que estejam em total desacordo com a sua conduta de parlamentar e mulher cristã, que tem como princípio de vida o repúdio a toda forma de violência.

Ao tomar ciência do episódio, a deputada providenciou para que o mesmo fosse apurado internamente e, em seguida, determinou o imediato afastamento do servidor acusado de fazer ameaça ao dono de um blog de Ilhéus. Deixa, assim, o referido funcionário livre para defender-se nas instâncias devidas, na forma da lei.

A deputada Ângela considera tal fato absolutamente lamentável e repele qualquer tentativa de associá-la ao comportamento isolado de um funcionário, que jamais teve nem teria autorização sua para cometer atos arbitrários ou intimidar quem quer que seja.

Finaliza, reiterando o compromisso irrevogável com o exercício da política de forma limpa, buscando construir uma sociedade melhor para todos, dentro de princípios humanos e cristãos.

Salvador (BA), 17 de março de 2010

GABINETE PARLAMENTAR

Blogueiro levanta ficha do assessor

O blogueiro Emílio Gusmão registrou na 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Ilhéus) a ameaça de morte que recebeu do assessor da deputada Ângela Sousa, afastado após a denúncia.

Ao pedir proteção policial, Gusmão ouviu de uma escrivã que “nem os policiais” gozam de tal direito. Ficou decepcionado, mas não capitulou. Em seu diário de bordo, publicou a reprodução da notícia-crime e, de quebra, a ficha de Celso Silva.

Conhecido pelo apelido Celso “Bobina” (dada a fama de enrolado), o autor da ameaça foi vereador em Ipiaú do final da década de 80 até início dos anos 90. No meio do mandato, foi afastado sob acusação de desvio e acabou reconquistando a cadeira na Câmara, graças à intervenção judicial.

Gusmão não menciona, mas o sujeito também teve passagem pelo governo Valderico Reis. Entre outras funções, exerceu a presidência da Casa dos Conselhos.

Bahia Notícias