Cenas lamentáveis aconteceram após a partida entre Vila Nova e Canedense, válida pela 14ª rodada do Campeonato Goiano. Assim que o juiz apitou o fim do jogo, vencido pelo Vila por 2 a 1, a confusão se instalou no estádio de Senador Canedo. Torcedores do time da casa teriam atirado uma bomba no vestiário do Vila. Revoltados, os jogadores saíram do local e trocaram agressões com os fãs do Canedense.

O zagueiro Marcelo, do Vila, foi atingido na perna e precisou ser levado para um hospital. O jogador deixou o campo chorando bastante, devido aos ferimentos. Um político local também teria sido ferido.

– Todos os fatos serão encaminhados ao Tribunal de Justiça. Pessoas não autorizadas invadiram o campo de jogo e criaram tumulto com jogadores. Ainda não foi identificado quem lançou a bomba, mas vamos apurar – disse o presidente da Federação Goiana de Futebol. Pancadaria à parte, o resultado foi péssimo para o Canedense, que segue em último na tabela de classificação, com 12 pontos. Por sua vez, o Vila ganhou um fôlego na briga por uma vaga no G-4. A equipe está em sexto, com 17 pontos, a cinco do Goiás (quarto colocado).