A emenda permitiria, mas não obrigaria organizações religiosas a realizarem esse tipo de cerimônia.

A Câmara dos Lordes (a câmara alta do Parlamento britânico) aprovou, na quarta-feira (03), uma emenda em um projeto de lei que suspende a proibição da realização de cerimônias de união civil entre homossexuais em igrejas.
A emenda na chamada Equality Bill, que está sendo discutida pelos parlamentares britânicos, permitiria, mas não obrigaria organizações religiosas a realizarem esse tipo de cerimônia.
A emenda, que não foi apoiada pelo governo, ainda precisa da aprovação da Câmara dos Comuns (a câmara baixa), onde é pouco provável que o texto sofra alterações significativas. A aprovação foi comemorada por ativistas dos direitos dos homossexuais.

Estadão