SALVADOR – Depois de acabar com duas festas de aniversário de traficantes na semana passada, em Salvador e em Feira de Santana, na Bahia, a polícia acabou na quarta-feira, com mais uma festa promovida pelo tráfico de drogas. Desta vez, a comemoração foi em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A festa estava sendo realizada em um espaço a 300 metros da delegacia local.

Segundo a polícia, a festa estava sendo promovida por Everton de Jesus Silva, de 19 anos. Além do anfitrião, dez pessoas foram detidas. Entre elas, duas mulheres e quatro adolescentes. A polícia encontrou com o grupo crack e uma quantia não divulgada em dinheiro.

A ação da polícia baiana, porém, já esbarra na Justiça. O juiz da 3ª Vara Criminal de Feira de Santana, na Bahia, mandou libertar todos os presos que estavam na festa de aniversário do traficante Josenildo Borges Souza, vulgo Pona, na semana passada. Agora, somente o aniversariante permanece preso. No dia da festa, mais de 100 foram detidos. O juiz Freddy Carvalho não quis comentar porque tomou a decisão de relaxar a prisão das 60 pessoas que ainda estavam presas.

Na ocasião do flagrante, mais de cem traficantes foram presos, a maior parte deles com passagem pela polícia. Nas mesas da casa onde era feita a comemoração, havia cocaína e maconha, tudo servido para os convidados. Setenta homens, 26 mulheres e dez menores que participavam da festa foram presos.


O Globo