TAIPÉ – Um terremoto de 6,4 graus de magnitude atingiu o sul de Taiwan nesta quinta-feira. O tremor levou pânico aos moradores, interrompeu as comunicações e provocou pelo menos um grande incêndio. Segundo meios locais, onze pessoas ficaram feridas.

A rede de televisão CTI informou que uma pessoa ficou levemente ferida na queda de escombros em Kaohsiung, e uma mulher foi hospitalizada depois que um muro caiu na cidade de Chiayi. Na mesma localidade, uma pessoa ficou ferida pela queda de uma árvore, informou a agência de notícias estatal Central News Agency.

Nenhum alerta de tsunami foi emitido. O epicentro do terremoto foi localizado na mesma região montanhosa da condado de Kaohsiung, atingida pela destruição do tufão Morakot, que matou cerca de 700 pessoas em agosto.

O ator Chu Chung-heng disse que ele e outros passageiros ficaram assustados quando o trem em alta velocidade em que viajavam saiu dos trilhos por causa do tremor.

– Muitas pessoas no vagão gritaram. Fiquei tão assustado que não consegui emitir qualquer som. O trem balançou muito e pensei que fosse virar – contou.

O serviço ferroviário no sul e no centro de Taiwan foi suspenso, assim como o sistema de metrô na cidade de Kaohsiung, a segunda maior de Taiwan, com uma população de 1,5 milhão de habitantes.

Na vizinha Tainan, uma fábrica de tecidos pegou fogo após o terremoto. Em Taipé houve apagões de energia e o blecaute chegou a pelo menos um condado no sul. O serviço telefônico também foi afetado pelo tremor em muitas parte de Taiwan.

 Kuo Kai-wen, diretor do Centro de Sismologia de Taiwan, disse que o tremor não tem relação geológica com o terremoto que atingiu o Chile no último sábado, mas sua intensidade não é comum para a região.

– Este é o maior terremoto que atingiu esta região há mais de um século – afirmou Kai-wen.

 O epicentro do terremoto foi localizado perto da cidade de Jiashian, atingido pelo tufão Morakot no ano passado. Uma autoridade do condado de Kaohsiung dise que à rede de televisão CTI TV que algumas casas construídas para sobreviventes do tufão desabaram.

O Ministro da Defesa disse que tropas foram deslocadas para Jiashian para relatar a extensão dos danos.

Um porta-voz do presidente Ma Ying-jeou disse que autoridades receberam orientações para seguir de perto da situação nas áreas afetadas pelo terremoto. Ma foi duramente criticado pela lenta resposta do governo após a passagem do tufão no ano passado. O gabinete da Presidência disse que Ma Ying-jeou visitará a cidade de Tainan nesta quinta-feira.

 Terremotos são frequentes em Taiwan, mas com menos intensidade e causam poucos ou nenhum dano. Mas em 1999 um tremor de 7,6 graus atingiu o centro de Taiwnan e matou mais de 2.300 pessoas. Em 2006, um tremor de 6,7 graus ao sul de Kaohsiung cortou cabos subterrâneos e interrompeu os serviços de telefonia e internet para milhões de pessoas na Ásia.

O Globo