Zero Hora

CASO DOROTHY

Passados cinco anos do assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang, a Justiça do Pará marcou para 30 de abril o julgamento de Regivaldo Pereira Galvão, conhecido como Taradão.
O fazendeiro é o principal acusado de ser o mandante do crime, ocorrido no dia 12 de fevereiro de 2005, no município de Anapu. Taradão era o último dos cinco réus que ainda não havia sido julgado.