Blog da Resenha

Alessandro Santos Paes, 20 anos, conhecido popularmente como “Zói”, se apresentou no Fórum João Mangabeira na tarde desta sexta-feira (26). Ele pode estar envolvido na morte do PM Marcelo Márcio, que aconteceu no final do mês de janeiro. Foi decretada a prisão preventiva do jovem.

O advogado criminalista Adão Freitas revelou que Alessandro não tem nenhum tipo de envolvimento no caso. “Ele é usuário de drogas e não possui passagem pela polícia. Queremos que as investigações sejam feitas de forma contundente”.

Segundo informações colhidas pelo Blog da Resenha Geral, o jovem que se entregou pode ter sido acusado pelo traficante Diego, que já está preso e também está envolvido na morte do PM. “Ele alegou que Alessandro participou do crime, mas não é verdade”, declara o advogado.

A mãe do jovem que se entregou não quis se identificar e revelou que no dia da morte do PM ele estava em casa. “Meu filho é inocente e temos testemunhas para confirmar isso. Queremos justiça e tenho certeza que vamos provar que ele não tem nada a ver com o crime. Alessandro pode ter sido confundido com outra pessoa”, disse emocionada.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção de Vitória da Conquista, Gutemberg Macêdo Júnior, fez questão de afirmar que a entidade não está defendendo as pessoas que estão envolvidas no crime. “Estamos apenas acompanhando as investigações, representando a sociedade para que esse problema seja solucionado o quanto antes”.