ASCOM PMVC

 postos estarão funcionando na Defesa Civil, Direc-20 e Polícia Rodoviária Federalhaiti-3.jpgA partir desta segunda-feira (01), a população conquistense também poderá participar da operação Bahia SOS Haiti, que tem por finalidade arrecadar alimentos, arregimentar voluntários e coletar auxílios financeiros em apoio a população haitiana para fazer frente aos desastres causados pelo terremoto do dia 12 deste mês.

As doações poderão ser feitas na sede da Defesa Civil, localizada na Av. Bartolomeu de Gusmão, nº 744, Bairro Jurema, no mesmo prédio onde está situada a Agência de Desenvolvimento, Trabalho e Renda; também na Direc-20, que fica no 6º andar do Shopping Conquista Center, na praça Tancredo Neves, e no Posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-116.

Os interessados em contribuir financeiramente podem depositar o valor na conta corrente 40.000-9 da agência 3429-0 do Banco do Brasil número. Com relação aos produtos, podem ser doadas garrafas de água (1,5 ou 5 litros), leite em pó em lata, achocolatado em pó também em lata, farinha pré-cozida e lata de sardinhas. Os alimentos devem ser enlatados por conta da segurança ao serem transportados. A validade de cada mantimento deve ser, no mínimo, junho de 2010. Não serão aceitas doações fora da lista estabelecida, como produtos higiênicos e roupas, para que se mantenha um padrão de kits a serem enviados, com vistas às principais necessidades detectadas no país pelo Ministério da Saúde.

Sesab cadastra voluntariado – Em resposta às solicitações do Ministério da Saúde e por determinação do governador Jaques Wagner, a Sesab está coordenando, na Bahia, as missões humanitárias a serem enviadas ao Haiti. Os municípios e entidades ligadas à área da Saúde que puderem disponibilizar profissionais para compor o grupo técnico brasileiro devem contatar a secretaria pelo email [email protected] ou pelo telefone (71) 3115-4399.

Todos podem participar, ainda que não tenham vínculos com a Sesab, contanto que respondam às seguintes exigências: ter experiência em atendimento pré-hospitalar, múltiplas vítimas e ambientes hostis, ter passaporte e número de registro do conselho de classe. No caso de condutores, deve-se informar o número da carteira de habilitação. Os cadastros serão encaminhados para o Ministério da Saúde, que será responsável pela seleção dos voluntários. Até o momento 96 profissionais – entre médicos, enfermeiros e policiais – já se cadastraram.